Chuveiro Elétrico: Reparo de chuveiro

reparo chuveiro elétrico Serviço reparo chuveiro elétrico

 

O chuveiro elétrico é um item essencial na vida de muitos brasileiros, faz parte da rotina de higiene, além de trazer conforto, afinal, quem não gosta de um bom banho quente no inverno?

 

Falando em inverno, é nessa estação do ano que os chuveiros costumam dar problema, disjuntor que desarma quando liga o chuveiro ou resistência que resolve queimar no meio do banho.

 

Não é por acaso que isso acontece no inverno, na verdade, a explicação está na pouca pressão da água, normalmente quando queremos a água mais quente, não abrimos muito o registro, assim a água aquece mais.

 

Ao fazer isso, existem dois fatores que contribuem para a diminuição da vida útil do chuveiro, a primeira é a já citada diminuição da pressão da água, isso porque, quando a resistência aquece e há pouca água, esse pouco fluxo não é capaz de absorver a energia térmica. O segundo é consequência do primeiro, ou seja, tal situação força a resistência e gera desgaste.

 

Na melhor das hipóteses, o chuveiro pode queimar, dependendo da situação, pode ser pior, pode acontecer um curto circuito, principalmente se a resistência for reutilizada.

 

Caso o problema seja o disjuntor desarmando, um eletricista deve ser chamado. O disjuntor é um dispositivo eletromecânico que desarma ao ultrapassar a capacidade do valor nominal da corrente elétrica. O disjuntor é projetado para esse fim, ao desarmar protege as instalações quando impede a passagem de energia, portanto, não é algo que dê para negligenciar ou buscar alternativas paliativas.

 

Disjuntores para chuveiro: Qual usar?

 

Existem muitos tipos de disjuntores, para o chuveiro há disjuntores adequados, via de regra, os mais recomendados por profissionais são os mini disjuntores termomagnéticos.

 

Os disjuntores termomagnéticos possuem duas formas diferentes de acionar o circuito, através de proteção térmica e magnética.

 

 

 

Existem dois tipos de mini disjuntores termomagnéticos corretos para chuveiro elétrico:

 

  • Mini disjuntor DIN
  • Mini disjuntor NEMA

 

A denominação do mini disjuntor DIN é a sigla para Deutsches Institut für Normung e.V., uma organização internacional para padronização, essa norma assegura padrões de qualidade.

 

O Mini disjuntor NEMA é denominado pela sigla que significa National Electrical Manufacturers Association, uma associação americana de normalização.

 

Os mini disjuntores DIN e NEMA são os mais usados para baixa tensão, possuem maior resistência ao calor e tem a capacidade de interrupção de curto circuito.

 

Como funciona o circuito elétrico do chuveiro?

 

O chuveiro elétrico tem como principais componentes, o resistor e o diafragma de borracha. O resistor, comumente chamado de resistência, é o responsável em aquecer a água, enquanto o diafragma de borracha serve como  um acionador.

 

Resumidamente, quando o registro do chuveiro é ligado, a pressão da água aciona o diafragma que conecta os terminais do resistor à rede elétrica, é assim que o chuveiro é ligado. Dessa forma, o circuito elétrico do chuveiro é fechado somente quando o registro da água é aberto.

 

Durante esse processo, a corrente elétrica aquece o resistor que aquece a água,  ao passar pelo resistor.

 

A chave que muda a temperatura do chuveiro, é o seletor de temperatura, ele age no resistor, o valor da temperatura normalmente está representado pelas estações, desse modo, no verão a temperatura do chuveiro é morna, enquanto que, no inverno a temperatura é quente.

 

Quando o registro é fechado, a água que ficou no compartimento do chuveiro escorre e o diafragma desce, interrompendo o contato com os terminais do resistor, interrompendo a passagem da corrente elétrica.

 

 

 

 

Chuveiro Elétrico – Manutenção Corretiva

 

Manutenção corretiva é a atividade que envolve a realização de reparos em máquinas ou equipamentos com avaria. O objetivo desse tipo de manutenção é colocar a máquina ou equipamento novamente em atividade.

 

Uma característica da manutenção corretiva é o caráter de urgência, é a manutenção feita quando algum aparelho deixa de funcionar, por exemplo, um chuveiro.

 

Os eletricistas notam todos os anos um aumento de demanda para manutenções corretivas em chuveiros elétricos, entre os serviços mais solicitados referente a chuveiro elétrico, estão:

 

  • Troca de fiação

  • Troca de conector

  • Avaliação e troca do disjuntor

  • Troca de resistência

  • Troca do fio do chuveiro

 

A manutenção corretiva, é considerada a manutenção mais cara, a explicação para isso, está nos gastos que poderiam ter sido evitados por outro tipo de manutenção. No caso dos chuveiros não é diferente, a manutenção corretiva gera custos não planejados.

 

Uma instalação mal feita pode causar aquecimento superior ao suportado, causando o derretimento de cabos e danos piores à instalação.

 

 

Chuveiro Elétrico – Manutenção Preventiva

 

A manutenção preventiva, como o nome já diz, é uma forma de prevenir eventuais problemas ou acidentes que possam interromper o funcionamento do aparelho ou causar algum dano aos moradores.

 

No caso da manutenção preventiva de chuveiros elétricos a visita de um profissional qualificado pode evitar muitas dores de cabeça.

 

Uma das grandes vantagens das manutenções preventivas é a possibilidade da correção de problemas ainda quando começam a surgir, dessa forma, evitando prejuízos futuros como a troca de aparelho, troca da fiação e troca do disjuntor do chuveiro.

 

Quando a manutenção preventiva do chuveiro é feita por eletricistas especializados, dificilmente alguma falha passará despercebida.

 

Por exemplo, a potência do chuveiro e corrente do disjuntor, caso seja maior que o suportado pela fiação elétrica, ao constatar um problema, o eletricista deverá ser capaz de apresentar a solução, evitando que a fiação derreta e provoque um curto circuito ou até mesmo um incêndio elétrico em sua casa ou apartamento.

 

Chuveiro Elétrico: Como aumentar a vida útil

 

Como já vimos, existem maneiras de aproveitar melhor o seu chuveiro através da manutenção elétrica da casa. Também é possível aumentar a durabilidade do chuveiro com pequenas correções em sua instalação elétrica, são cuidados que podem ser feitos para aumentar a vida útil do seu chuveiro elétrico:

 

  • Fluxo da água – verifique a pressurização da água, o fluxo da água deve ser abundante e contínuo para garantir o correto funcionamento da resistência.
  • Limpeza – Com o tempo de uso, é normal o acúmulo de resíduos nos pequenos dutos por onde sai a água do chuveiro. Esse acúmulo de sujeira provoca a diminuição do fluxo da água, portanto, para não comprometer a eficácia e durabilidade do aparelho, é importante limpar esses dutos de tempos em tempos.
  • Voltagem correta – Na hora de escolher ou trocar de chuveiro elétrico, fique atento, verifique se a voltagem e amperagem do chuveiro é compatível com o sistema elétrico da casa.
  • Resistência – A queima da resistência é algo que pode acontecer depois de certo tempo de uso, não quer dizer que o chuveiro esteja com problemas, pode ser apenas desgaste normal da resistência, se for esse o caso, ao trocar a resistência, utilize somente resistências originais do fabricante do chuveiro, e nunca reutilize resistências não original.
  • Evite banhos demorados – No inverno a tendência é tomar banhos mais quentes, contudo, a temperatura elevada durante longos períodos pode sobrecarregar o chuveiro e queimar a resistência, queimar aparelho, e até mesmo gerar uma pane elétrica através do superaquecimento gerado na sua rede elétrica do seu apartamento ou sua casa.

 

Essas são algumas medidas que ajudam a aumentar a vida útil do seu chuveiro, pequenos cuidados podem evitar problemas maiores.

Quer mais eletricista para chuveiro?