eletricista predial. eletricista predial.

Instalação elétrica em prédios devem ser feitas por eletricista predial capacitado

Quando um prédio comercial, residencial ou um condomínio é construído, é fundamental que a sua instalação elétrica seja feita por um profissional especializado, conforme às normas de segurança técnica, para evitar riscos de choque elétrico e incêndios. A instalação elétrica predial também é responsável pela qualidade da energia que chega a cada ambiente das unidades consumidoras que compõem um edifício. Por isso, ela deve ser bem dimensionada e, além de segura, deve favorecer a funcionalidade e contribuir para o bem-estar das pessoas.

Uma instalação mal dimensionada, em que a energia é distribuída de maneira inadequada, pode facilitar a ocorrência de curtos-circuitos e choques elétricos. Para se ter uma ideia, a chama acesa de uma boca de fogão pode chegar a 700ºC, enquanto um curto-circuito pode atingir 4.000ºC, tornado grande o risco de incêndio. Já os choques, dependendo da intensidade, podem causar paralisia muscular, rompimento de tendão, parada respiratória, queimaduras e até mesmo matar alguém. Logo, não vá pensando que basta ligar as extremidades de um cabo na tomada e, pronto, está tudo feito! O eletricista predial, profissional plenamente capacitado para realizar essa atividade, fará um projeto elétrico como pontapé inicial de uma instalação confiável e que certamente evitará transtornos futuros.

Eletricidade é assunto sério e vai muito além de acender uma lâmpada ou ligar uma TV. Deve se pensar em cada detalhe, a começar pela qualidade e adequação dos materiais utilizados às especificações técnicas. Isso inclui fios, cabos, tubos, conexões, caixas e quadros, entre outros. O eletricista predial deve cuidar não apenas dos ambientes internos (salas comerciais e apartamentos), mas também da área comum do prédio. Escadas e saídas de emergência, garagens e elevadores são locais que necessitam de uma boa iluminação.

Escadas, por exemplo, não precisam de iluminação frequente e podem contar com sensores de presença. Já as garagens exigem um cuidado especial, uma vez que uma iluminação mal feita pode ocasionar acidentes de veículos e com quem transita por ali. Saídas de emergência devem ser sinalizadas e a parte elétrica de um elevador deve obedecer uma série de normas de segurança.

Em uma instalação predial, o eletricista responsável vai cuidar da infraestrutura, proteção, cabeamento e controle (acionamento e desligamento de cargas). O eletricista predial também pode atuar na modernização dessas instalações quando se apresentam defasadas, em adequações técnicas e manutenção preventiva e corretiva do edifício.

Modernização das Instalações

 

Toda construção está sujeita ao desgaste de suas estruturas com o passar do tempo. Os anos passam, e os prédios começam a apresentar vazamentos, infiltrações e falhas em suas instalações elétricas e no funcionamento de seus equipamentos. Com isso a modernização dessas instalações muitas vezes é a solução mais apropriada. Instalações antigas costumam desvalorizar o imóvel, afetar a produtividade de empresas, causar prejuízos financeiros e desperdício de energia elétrica com as perdas técnicas que ocorrem.

Além disso, a demanda de eletrodomésticos, eletroeletrônicos e outros aparelhos é muito maior hoje do que há 20 ou 30 anos. Consequentemente, modernizar as instalações é uma ação fundamental para comportar a demanda atual de energia elétrica, evitando acidentes, choques e incêndios. Fique atento se a sua rede elétrica estiver sinalizando que não está mais suportando essa demanda. Portanto, se no edifício onde você mora ou trabalha, a energia cai a todo momento, suas lâmpadas piscam e queimam com frequência, seu disjuntor vive desarmando ou suas tomadas esquentam demais, está mais do que na hora de chamar um eletricista predial para resolver esses problemas.

Quer mais eletricista predial?